Policial

O condutor desobedeceu a ordem e tentou fugir, sendo abordado após cinco quilômetros de perseguição.

20150425150759

Uma operação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar do Distrito Federal resultou na recuperação de dois carros roubados, um Pálio Wekeend e uma Honda/CG Titan.

Os policiais realizavam fiscalização no KM 37 da BR020, no posto da PRF, em Planaltina/DF, quando deram ordem de para que um automóvel parasse. O condutor desobedeceu a ordem e tentou fugir, sendo abordado após cinco quilômetros de perseguição.

Após verificarem os itens de identificação do carro, descobriram que as placas eram clonadas e o veículo havia sido roubado no dia 08 de abril na cidade de Magé/RJ.

Dentro do automóvel, havia uma motocicleta com caracteres de chassi e motor adulterados, indicando tratar-se também de produto de roubo.

Além do condutor, de 45 anos, havia uma mulher, de 24, como passageira. Ambos foram encaminhados à Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos da Polícia Civil para providências cabíveis.

Logo mage

Fonte: Jornal de Brasília

De acordo com testemunhas, eles tentaram roubar uma moto na Casa do Alemão, de um policial à paisana, que estava acompanhado de outros dois colegas.

4551

Três homens foram mortos na manhã deste domingo durante uma tentativa de assalto no estacionamento de uma lanchonete na Rodovia Presidente Dutra, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. De acordo com testemunhas, eles tentaram roubar uma moto na Casa do Alemão, de um policial à paisana, que estava acompanhado de outros dois colegas. Um deles estava armado e reagiu. Policiais de uma viatura do 21º BPM (São João de Meriti). que passavam pelo local, vieram em socorro. Os policiais militares mandaram os assaltantes abaixarem as armas, a ordem não foi acatada e deu início a um intenso tiroteio, que resultou nas mortes dos bandidos.

O PM que foi rendido e seus colegas estavam de folga e se dirigiram ao local para fazer um lanche, por volta das 8h. Só os assaltantes foram baleados. No entanto, houve bastante pânico entre clientes e funcionários da lanchonete, que se jogaram no chão para se proteger dos tiros. Na fachada do estabelecimento havia pelo menos seis marcas de balas. Três janelas de vidro foram quebradas e os estilhaços caíram sobre as mesas e cadeiras.

 8ede4

— Foi muito tiro. As pessoas se jogavam no chão para se proteger— contou uma funcionária que preferiu não se identificar.

Um funcionário público, que presenciou a ação, também contou que o tiroteio foi intenso. Na hora da tentativa de assalto ele havia acabado de entrar numa lanchonete vizinha.

— Fui ao banheiro e quando ia saindo ouvi os tiros. Então resolvi voltar, para me proteger. Só saí quando o tiroteio acabou e deparei com os corpos. Foi horrível — relatou José Carlos Tarouquela, de 55 anos.

O carro urtilizado pelos assaltantes, um Fox branco, havia sido roubado cerca de uma hora antes, na Rua Coronel Francisco Soares, no cruzamento com a Via Light, em Nova Iguaçu. Os bandidos que estavam num Honda Fit renderam o supervisor da GVT, Fernando Carlos de Lima, que estava seguindo para o trabalho.

1aaaa

—Quando parei o carro vi que eles começaram a olhar para trás. Tentei dar ré, mas um deles saiu com um revólver e o outro veio em seguida com uma pistola. Me renderam e revistaram, pensando que eu era policial. Peguaram meu relógio e o Nextel. Como não conseguiram sair com o carro, que é automático, perguntaram se tinha alarme. Disse que não, então pegaram a chave, ligaram e sairam — contou o dono do veículo — Graças a Deus estou vivo. O importante é isso — completou.

A Polícia Civil informou que a 54ª DP (Belford Roxo) instaurou inquérito para apurar o caso. Dois dos três mortos foram identificados. São eles: Fabio dos Santos Thomaz e Igor de Oliveira Victor. Ainda segundo a polícia, foi realizada perícia no local e no veículo. PMs e testemunhas foram ouvidos e armas dos policias apreendidas e encaminhadas para confronto. O proprietário do automóvel reconheceu o trio como autores do roubo, segundo o órgão.

Logo mage

Fonte: Extra

 

 

 

 

 

O soldado Felipe Lessa de Oliveira e seus comparsas foram capturados no estacionamento de uma lanchonete em Bonsucesso.

-(2)

Cinco homens, entre eles um PM lotado na UPP Borel, foram presos pela Divisão Antissequestro (DAS), no último dia 17, suspeitos de terem sequestrado um comerciante às margens da Avenida Brasil, na altura do Parque União, no Complexo da Maré. O soldado Felipe Lessa de Oliveira e seus comparsas foram capturados no estacionamento de uma lanchonete em Bonsucesso, na Zona Norte, onde receberiam um Toyota Corolla como parte do pagamento exigido.

O comerciante foi sequestrado por três homens, no dia 9 de abril, em seu estabelecimento, uma distribuidora de bebidas. Os criminosos usavam camisas da Polícia Civil. No mesmo dia, a quadrilha iniciou o contato com a esposa da vítima. O valor exigido para a libertação era de R$ 200 mil. O cativeiro ficava em Jacarepaguá, na Zona Oeste, numa área dominada pela milícia.

Após negociação, o comerciante foi solto no dia 12, em Realengo. A família se comprometeu, no entanto, a pagar o valor exigido cinco dias depois. Na noite do dia 17, foi reiniciado o contato, e os criminosos aceitaram receber o carro como parte do pagamento. O veículo foi deixado no estacionamento, com a chave sobre a roda. Quando os suspeitos de aproximaram, foram presos por policiais civis da DAS.

O bando estava em três carros. Com eles, havia uma pistola, um fuzil, munição, camisas pretas e coletes com a inscrição da Polícia Civil, além de uma máquina de eletrochoque, cocaína e celulares.

Logo mage

Fonte: Extra

 

 

 

Adriano, que morava em Magé com outra mulher e uma filha.

33-1

Acusado de matar a mulher Mileide dos Santos Rodrigues, de 23 anos, Adriano Peres da Silva Azarias, de 30, foi preso por policiais da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense, em Bonsucesso, Zona Norte do Rio. O caso aconteceu no dia 2 de novembro do ano passado na Posse, em Nova Iguaçu. Mileide foi assassinada com 27 facadas depois de pedir a separação.

 

42  — O Adriano tentou matar ela enforcada no dia 31 de outubro. Depois ele pediu desculpas, mas mesmo assim minha filha quis se separar. Ele saiu de casa e voltou de madrugada. Matou ela na frente da minha neta, de 6 anos — contou a mãe, Rosângela Rocha dos Santos, de 45.

  De acordo com ela, Adriano se mostrava uma pessoa boa e tratava todo mundo bem.

  — Ele parecia um anjo, mas é um demônio. Me sinto aliviada pela prisão dele, mas nada apaga a dor de ter perdido minha filha — disse a dona de casa, muito emocionada.

 Mileide chegou a ser levada para o Hospital da Posse, onde foi operada e contou para os médicos que o marido era o culpado pelos ferimentos. Depois de uma cirurgia, ela não resistiu e acabou morrendo.

  — Desde que minha filha morreu era um inferno. O Adriano ficava passando trote, com ameaças. Eu não aguentava mais. Agora só falta resolver mais um problema — comenta Rosângela, se referindo ao filho Reivan da Silva Rodrigues, de 20 anos, que foi assassinado com 10 tiros em abril do ano passado quando bebia em um bar com os amigos, também no bairro da Posse: — Ninguém sabe quem fez isso com ele. Só sabemos que uma moto passou e atirou. Falta acharem o assassino do meu filho.

Adriano, que morava em Magé com outra mulher e uma filha, trabalhava como ajudante em uma grande empresa de bebida. Ele tem duas passagens pela polícia, pela Lei Maria da Penha, e vai responder por homicídio doloso duplamente qualificado sem defesa da vítima.

Logo mage

 

 

Fonte: Extra

 

 

 

A vítima estava muito desesperada, mas conseguiu levar os policiais ao local.

IMG-20150419-WA0030

Um homem foi preso na manhã deste domingo, depois de estuprar, durante a madrugada, uma mulher de 48 anos, no bairro de Santa Luzia, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. De acordo com informações do comandante do 7º BPM (São Gonçalo), coronel Fernando Salema, a polícia chegou até o local após a vítima conseguir fugir do cativeiro e se deparar com uma viatura da PM que fazia o patrulhamento pela comunidade.

Igor Marçal Barraz Fernandes, foi encontrado dormindo ao lado de um facão de 30 centímetros e uma espingarda calibre 17mm de ar comprimido. Ele não reagiu e foi encaminhado para a 74ª DP (Alcântara).

 IMG-20150419-WA0029

— A vítima estava muito desesperada, mas conseguiu levar os polciais ao local. Segundo ela, ele dizia que a mataria se ela não fizesse o que ele estava mandando. Ela estava muito fragilizada e foi levada para o IML e posteriormente encaminhada para o Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê, em São Gonçalo — contou Salema.

O criminoso foi indiciado por estupro e será encaminhado, nesta segunda-feira, para o presídio de Bangu 10, em Gericinó.

Logo mage

Fonte: Extra

 

 

 

 

 

Segundo familiares da vítima, o casal terminou o relacionamento há cerca de 4 meses.

2015-809287819-10301936_529116907225470_7783446457953905697_n.jpg_20150419

Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo, estão a procura do advogado Gutembergue Augusto Martins, de 53 anos. Ele é o principal suspeito de ter assassinado a ex-mulher, Mylena da Silva Bessa, de 27 anos, morta na manhã deste sábado, em Charitas, em Niterói. De acordo com o delegado adjunto da especializada Marcos Amim, a principal linha de investigação é que a mulher tenha sido vítima de feminicídio.

— O que nós apuramos até agora é que a Mylena estava dentro do carro de um amigo, próximo ao Clube Naval. No momento em que o motorista estacionava o carro, um outro velículo bateu na traseira do carro. Ao sair do automóvel o amigo da vítima viu o Gutembergue desembarcando do outro carro com uma arma em punho. O rapaz ficou assustado e correu e a mulher que ainda estava dentro do carro foi morta a tiros – explicou Amim.

Ainda de acordo com o delegado, assim que escutou os disparos o amigo da vítima ligou para a polícia e para o Corpo de Bombeiros, mas ao chegarem ao local, a Mylena já estava morta.

 9999

— Nós pedimos, ontem mesmo, o mandado de prisão do Gutembergue. Já fomos até um dos endereços dele, mas não encontramos. Vamos realizar outras diligencias, mas contamos com a ajuda da população para que nos informe, através do Disque-denúncia (2253-1177), o paradeiro do Gutembergue.

A polícia acredita que o acusado tenha cometido o crime por não aceitar o termino da relação com Mylena, com quem tem um filho de 6 anos. Segundo familiares da vítima, o casal terminou o relacionamento há cerca de 4 meses e o suspeito nunca se mostrou agressivo.

Filho do casal ainda não sabe da morte

Ainda sem conseguir entender o motivo que levou o ex-marido da filha a cometer o crime, a aposentada Maria das Graças Silva, de 64 anos, disse ontem, durante o enterro da Mylena, no Cemitério de Irajá, que o Gutembergue chegou a encontrar com a filha dela, horas antes do assassinato, para levar o filho ao colégio.

— Esse homem surtou. Está sendo muito difícil pra nossa família. Meu neto não para de perguntar pela mãe. Ainda não conseguimos encontrar uma forma de dar essa notícia para ele. Ainda mais sendo o próprio pai o assassino — comentou a aposentada.

 2015-809316747-2015041939727.jpg_20150419

O pai da Mylena, o técnico de eletrônica Adilson de Oliveira, de 54, disse que a filha estava vivendo um momento feliz, por ter voltado a estudar:

— Esse mostro acabou com a vida da minha filha. Ela estava toda contente, porque começou a fazer um curso técnico em patologia. A Mylena estava tentando mudar de vida. Tinha terminado o relacionamento com esse cara e queria deixar de trabalhar no quiosque. Estou desolado — lamentou Adilson durante do enterro.

Logo mage

Fonte: Extra

 

 

 

 

 

 

Simulacro de pistola e de metralhadora também foram encontrados no local.

11105810_10206132684907073_1268065873_o

Dois suspeitos foram presos em um condomínio do programa “Minha Casa, Minha Vida” em uma operação de policiais da 74ª DP (Alcântara), com apoio das delegacias do 4º Departamento de Polícia de Área (DPA), nesta quarta-feira (8).

Durante a ação na Rua Pereira Sampaio, em Mundel, São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, Wesley dos Santos Armond e Flamarion Serafim da Silva foram presos em flagrante por associação para o tráfico de drogas.

img-20150408-wa0005_1

De acordo com o delegado titular da unidade, Adriano Marcelo Firmo França, com os presos foi apreendido material para endolação de drogas. Além disso, no condomínio foram encontrados componentes usados na mistura da cocaína, um simulacro de pistola e outro de metralhadora e uma motocicleta.

Ainda segundo o delegado, a ação foi desencadeada a partir do inquérito que apura o tráfico de drogas na região e a expulsão de uma família do local. Na ocasião, os criminosos roubaram os pertences dos moradores. Na ação desta quarta, alguns bens foram recuperados e serão devolvidos às vítimas.

Logo mage

Fonte: G1

Magistrado enganou o Banco Central para desviar dinheiro, diz denúncia.

 104

O juiz Flávio Roberto de Souza, afastado do caso Eike Batista e da 3ª Vara Federal Criminal do Rio, devolveu R$ 599 mil referentes ao dinheiro que teria sido desviado de um traficante espanhol. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (6), pelo Tribunal Regional Federal.

O dinheiro, que originalmente estava em euros e dólares, foi convertido para moeda nacional e representa parte da quantia que sumiu de dentro do TRF, crime pelo qual o magistrado foi denunciado.

Denúncia

A Procuradoria Regional da República da 2ª Região (Rio de Janeiro) informou nesta segunda que ofereceu denúncia à Justiça contra o juiz, que cuidava do processo que apura fraude financeira do empresário Eike Batista.

O Ministério Público Federal (MPF) o acusa por dois processos de peculato (desvio de bens públicos por servidor), dois de falsidade ideológica e por extraviar e inutilizar documentos em atos processuais vinculados à Operação Monte Perdido. Segundo os procuradores, o magistrado teria enganado o Banco Central para desviar dinheiro.

Com base em dois inquéritos (judicial e policial), os procuradores regionais Flávio Paixão e José Augusto Vagos dizem no texto da denúncia que o juiz cometeu falsidade ideológica ao proferir decisões que lhe permitiram desviar recursos públicos em duas situações ligadas à Monte Perdido. Na primeira, desviou R$ 290,5 mil depositados na Caixa à disposição da Justiça. Parte do valor foi usado na compra de um veículo Land Rover Discovery.

Ele também teria cometido peculato e falsidade ideológica para se apropriar, em 5 de fevereiro, de US$ 105,6 mil e 108,1 mil euros, apreendido de um traficante internacional, em parte usados na compra de um apartamento na Barra da Tijuca, na Zona Oeste.

A Procuradoria ainda denunciou o juiz pelo crime de extravio e inutilização de documentos. Segundo a denúncia, em janeiro, ele destruiu os autos do processo sobre a alienação antecipada de bens relativos à operação. No entendimento do MPF, seu intuito foi facilitar a ocultação e a impunidade dos desvios de valores, pois várias decisões falsas que fez inserir no sistema Apolo – usado na Justiça Federal – contém alusão a documentos que nunca existiram.

Caso o magistrado seja condenado por todas as acusações, sem levar em consideração possíveis variáveis e atenuantes, Flávio Roberto de Souza pode receber pena de 38 anos de prisão.

Logo mage

Fonte: G1

Rafael Valladão seria suspeito de matar Beatriz Cardoso da Rocha Oliveira.

ScreenShot096

A Polícia Civil identificou, neste sábado (4), Rafael Valladão como o suspeito de matar Beatriz Cardoso da Rocha Oliveira, de 17 anos. O corpo da jovem foi encontrado na sexta-feira (3) dentro de um canal em Oswaldo Cruz, Subúrbio do Rio.

A Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) informou que contra ele foi expedido um mandado de prisão e agentes estão realizando diligências para localizá-lo. A polícia pede ainda que quem tiver mais informações, pode entrar em contato com a unidade pelo telefone 2202-0338, ou pelo Disque Denúncia 2253-1177.

Beatriz foi enterrada no Cemitério do Catumbi, às 13h deste sábado (4). Conforme mostrou o RJTV, Beatriz teria saído de casa em Pilares, por volta das 20h, para ir à academia e desapareceu desde terça-feira (31).

A jovem foi encontrada dentro de um saco plástico. Os pais da menina foram até o Instituto Médico Legal (IML), neste sábado (4) e estavam desesperados.”É só isso que eu quero, justiça com a minha filha.Tinha toda uma vida pela frente, isso é muito injusto”, disse a mãe, dona Sueli Cardoso da Rocha.

A declaração de óbito da menina diz que foi uma ação perfurocortante, o que indica que uma faca tenha sido a arma do crime. Beatriz teria combinado de ir treinar na academia de um amigo, de acordo com mensagens encontradas no celular da jovem. O amigo mandou uma mensagem de voz, às 19h37, dizendo que vai passar na casa da menina e iria preparar um suplemento alimentas.

ScreenShot186

“Eu tô (sic) chegando em casa, vou trocar de roupa, fazer lá as duas coqueteleiras, uma para mim e outra pra tú. Aí, eu vou pra aí. Aí quando eu chegar, eu te dou um toque. Tá bom?”, diz a mensagem.

Logo mage
Fonte: Portal G1

 

 

Batalhões mais prejudicados são da Baixada Fluminense.

2008-222

Batalhões da Polícia Militar na Baixada Fluminense tiveram que devolver cerca de 300 carros usados no policiamento nos últimos meses. Os batalhões mais prejudicados foram os de Mesquita, que perdeu 50 veículos. Após a redução, o policiamento na região está sendo realizado com 58 carros. Em Duque de Caxias, foram entregues 36 viaturas ficando 70 para o atendimento da população. De acordo com o relações públicas da PM, coronel Frederico Caldas, no contrato assinado entre o governo e a empresa já havia previsão para devolução dos veículos.

As regiões atendidas pelas unidades que devolveram os carros são recordistas em número de assassinatos. De acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP), o mês de fevereiro em Mesquita registrou 43 assassinatos, o maior número do estado. Em Duque de Caxias, foram 28 mortes.

O comando da PM informou que pretende compensar de alguma forma os batalhões mais atingidos pela devolução dos carros. Um estudo está sendo realizado com o objetivo de redistribuir a frota, usando veículos que eram consideradas reservas. ” É claro que a necessidade sempre tem , porque há um desgaste natural da frota, mesmo com a renovação, mesmo com o trabalho de renovação desta frota, a gente paga pela manutenção dela, é claro que a gente sempre precisa de mais viaturas. Agora, as viaturas reservas e este remanejamento que está sendo feito, certamente vai melhorar a esta deficiência que houve nas unidades”, disse Caldas.

Logo mage

Fonte: G1

Pesquisar
Apenas correspondências exatas
">
">
">
">
Procurar nas mensagens
Procurar em páginas
Professional WordPress Plugins
EnglishFrenchGermanItalianNorwegianPersianPortugueseRomanianRussianSlovakSlovenianSpanishVietnameseYiddish


wp_flash_img_show will display here (config: Pub1)
Contato