Este é o segundo acidente na passagem da linha neste ano, que não tem sinalização que proporciona risco de acidente a todo momento.

ScreenShot005

Imagens do acidente, por volta das 9:00h da manhã desta sexta-feira, 21-11.

Na manhã desta sexta-feira, 21 de novembro, mais um acidente preocupa moradores da Guapimirim. O ônibus da auto viação Teresópolis, foi atropelado na rede da Super Via.

352x400444

Por volta das 8:00h, moradores vizinho ao local do acidente, centro de Guapimirim, acordaram com o forte barulho provocado pelo abarroamento. Segundo policiais da 2ª CIA de Guapimirim, que estão no local, pelo menos vinte pessoas foram encaminhadas para o Hospital Municipal José Rabello de Mello, onde esperam atendimento médico. Até o presente, não há registro de mortes, todavia policiais e soldados do Corpo de Bombeiro estão no local, declararam que há pessoas com ferimentos grave.

53

O ônibus que faz a linha, Magé-Teresópolis, passava em velocidade moderada e foi surpreendido pelo trem da Super Via, no momento em que o veículo coletivo atravessava a linha. Um helicóptero do Corpo de Bombeiros foi acionado para a retirada de uma pessoa, que se encontra preso nas ferragens do veículo coletivo.

41121-

As 11:10hs, a Supervia por nota, suspendeu os serviços da Empresa no Ramal Saracuruna > Guapimirim > Saracuruna, suspenso temporariamente. No Hospital Local, o número de feridos, ainda não oficial, passa de 40 hospitalizadas. Os feridos mais graves estão sendo encaminhados para o município de Niterói.

 ScreenShot009

Nota Supervia

Um ônibus não respeitou os sinais sonoro e visual da passagem em nível oficial (regularizada e sinalizada), próxima à estação Guapimirim (ramal Guapimirim), e acessou indevidamente a via férrea, às 8h20 de hoje (21/11). O veículo colidiu com um trem que seguia para Saracuruna. Imediatamente, agentes de controle da SuperVia acionaram o Corpo de Bombeiros para o atendimento necessário as pessoas no local. Os passageiros do trem desembarcaram na via com o auxílio dos agentes e seguiram até a estação Guapimirim. Devido a essa ocorrência, a circulação do ramal Guapimirim foi suspensa.

 -700x377

A SuperVia acredita que o respeito à sinalização é a melhor forma de evitar acidentes como este, que coloca em risco a vida das pessoas e causa prejuízos à circulação. Por isso, no dia 14/09, a concessionária realizou um simulado desse tipo de acidente com objetivo de alertar e conscientizar motoristas e pedestres sobre as normas de circulação em locais cortados pela linha férrea. Em paralelo ao trabalho de conscientização com a população, a concessionária considera indispensável o isolamento completo da área restrita à circulação de trens e para mudar esse cenário, a empresa negocia com os Governo Federal e Estadual a implantação do projeto “Segurança da Via”, cujo objetivo é realizar a segregação total da linha férrea, com a construção de muros, passarelas e viadutos. A implantação desse projeto depende do poder público, pois envolve soluções urbanísticas de acessibilidade, desapropriações e programas sociais.

Maiores informações serão atualizadas a cada momento.

mage

Antonio Alexandre/Mage Online.com

Moradores bloquearam a rodovia com paus e pneus ateando fogo.

116_2_clauzio_mizael

Cerca de 50 manifestantes fecharam por quase duas horas, na noite desta quinta-feira (20), a BR-116, estrada que liga o Rio de Janeiro a Teresópolis, na Região Serrana, na altura de Ponte Nova, bairro do município serrano. O protesto aconteceu por volta das 20h no Km 55, que fica próximo à entrada da cidade de São José do Vale do Rio Preto. Moradores da localidade bloquearam a rodovia com paus e pneus ateando fogo. O grupo reivindica a construção de uma ponte, que liga a rodovia ao outro lado do rio, e que foi destruída na tragédia de 2011. De acordo com os moradores, haveria um impasse entre o governo do estado, que teria prometido a construção da nova ponte, e a concessionária que administra a rodovia, a CRT.

-116_clauzio_mizael

O Corpo de Bombeiros teve que ser acionado para apagar o fogo na rodovia. A Polícia Militar e Rodoviária Federal também estiveram no trecho. Nenhum representante da concessionária esteve no local.

mage

Fonte: G1

Segundo as investigações, quadrilha movimentou pelo menos R$ 4 milhões.

ScreenShot065

A Justiça autorizou nesta quinta-feira (20) a libertação da quadrilha acusada de clonar cartões de crédito presa na última passada. O bando agia em shoppings e restaurantes na Zona Oeste do Rio. O caso foi denunciado pelo Fantástico do dia 16 de novembro.

Segundo a polícia, a quadrilha foi a primeira a fraudar chips dos cartões de crédito. Em oito meses os criminosos movimentaram pelo menos R$ 4 milhões. O juiz Roberto Câmara Brandão, da 31ª Vara Criminal aceitou a denúncia do Ministério Público contra os 17 acusados por formação de organização criminosa, furto mediante fraude, lavagem de dinheiro, estelionato e falsificação de documentos.

ScreenShot066

Dez deles chegaram a ser presos, mas nesta quinta-feira o juiz determinou que os réus respondam em liberdade, pois considerou que os eles não cometeram crimes violentos e não oferecem risco ao processo judicial. Entre os presos estava um dos gêmeos que chefiava a quadrilha, Bruno Alves da Silva. O irmão dele, André Alves da Silva não chegou a ser preso.

Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), os dez acusados ainda estavam no Complexo Penitenciário de Gericinó no início da manhã desta sexta-feira, onde aguardam a ordem de soltura.

mage

Magé Online.com

Flu repete derrota traumática para América-RN e tenta evitar nova derrapada.

ScreenShot063

A derrota por 4 a 1 para a Chapecoense na noite da última quinta-feira doeu no Fluminense. A goleada repetiu o traumático 5 a 2 para o América-RN, em agosto, quando também vinha de uma sequência de bons resultados. O Tricolor terá como missão, portanto, impedir que o tropeço na 35ª rodada do Campeonato Brasileiro cause efeito parecido com o da eliminação da Copa do Brasil.

Assim como na derrota para o América-RN, o Fluminense era franco favorito e jogava em casa, no Maracanã. O Tricolor também repetiu os quatro gols sofridos apenas no segundo tempo. Curiosamente, essas foram as únicas partidas em que o time das Laranjeiras sofreu mais de três gols em jogos oficiais em 2014.

ScreenShot062

O efeito da goleada de agosto nas Laranjeiras foi avassalador, com direito a uma crise que resultou em um protesto violento após uma derrota para a Chapecoense em Santa Catarina no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O Tricolor somou apenas uma vitória nos seis jogos seguintes, derrapada fundamental para que o time se afastasse do grupo dos quatro primeiros da competição.

Curiosamente, as goleadas aconteceram nos dois melhores momentos do Fluminense na temporada. Antes da derrota para o América-RN, o Tricolor havia vencido quatro dos últimos cinco jogos. O tropeço de quinta-feira, por sua vez, aconteceu após uma sequência de seis jogos com cinco vitórias que recolocou o time das Laranjeiras na briga pelo G4.

O técnico Cristóvão Borges evitou comparar as duas derrotas, mas o tom da entrevista coletiva concedida após o jogo com a Chapecoense deu sinais de que os próximos dias serão de ressaca no antes tranquilo e animado ambiente tricolor.

“É difícil comparar. São situações tristes. Não dá para imaginar ou prever que isso vai acontecer. É triste da mesma forma”, lamentou o treinador.

Cristóvão também revelou o abatimento no vestiário tricolor após a goleada sofrida em pleno Maracanã. O Fluminense, no entanto, precisa reagir para chegar ao G4, já que está a quatro pontos do quarto colocado, o Atlético-MG, e restam apenas três rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro.

“Neste momento, não se pode falar muito. Mas conversei com todos. Está todo mundo abatido, muito triste. Todos nós sabemos que ficamos longe do potencial da equipe. A conversa é rápida após o jogo, mas depois se fala mais. É hora de refletir”, comentou Cristóvão.

O Fluminense se reapresenta nas Laranjeiras na tarde desta sexta-feira para o único treino no Rio de Janeiro antes da viagem para Recife, onde encara o Sport no domingo pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 X 4 CHAPECOENSE

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 20 de novembro de 2014 (quinta-feira)

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)

Cartões amarelos: Guilherme Mattis, Carlinhos e Valencia (Fluminense); Douglas Grolli (Chapecoense)

GOLS:

FLUMINENSE: Rafael Lima (contra), aos 41min do segundo tempo

CHAPECOENSE: Bruno Silva, a 1 e 39min do segundo tempo; Camilo, aos 20min do segundo tempo; Leandro, aos 25min do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Jean, Guilherme Mattis, Marlon e Chiquinho (Carlinhos); Valencia, Edson, Cícero (Walter) e Conca; Rafael Sobis (Kenedy) e Fred

Técnico: Cristóvão Borges

CHAPECOENSE: Danilo; Fabiano, Rafael Lima, Douglas Grolli e Rodrigo Biro (Edinei); Wanderson, Bruno Silva, Diones e Camilo (Abuda); Tiago Luis (Nenén) e Leandro.

Técnico: Celso Rodrigues

mage

 

Magé Online.com

Jovens imigrantes sem documentos terão residência temporária no país.

2014

O presidente americano, Barack Obama, anunciou nesta quinta-feira (20) a oferta de permissões de trabalho para até 5 milhões de imigrantes em situação ilegal, protegendo-os da deportação, informou a Casa Branca.

Durante um discurso solene na Casa Branca, Obama explicou como quase metade dos 11,2 milhões de não cidadãos em situação irregular residentes no país por mais de cinco anos e que tiverem tido um filho que seja cidadão americano ou residente legal permanente poderão solicitar uma autorização de trabalho por três anos, evitando a deportação.

Segundo a Casa Branca, quatro milhões de imigrantes em situação ilegal poderão regularizar sua situação com o trabalho temporário.

Obama também anunciou uma ampliação das condições de acesso ao programa Daca (acrônimo de ‘Deferred Action for Childhood Arrival’ ou Ação Diferida para os Chegados na Infância), que ele próprio lançou em 2012 e que fornece residência temporária para jovens imigrantes sem documentos, que chegaram aos Estados Unidos até os 16 anos antes de junho de 2007.

Esta medida aumentará a quantidade de beneficiários. Segundo o governo americano, o novo pacote elimina o limite de idade e empurra a data máxima de entrada no país para janeiro de 2010.

O Executivo informou que um reforço nos controles das fronteiras também está previsto no arsenal das medidas presidenciais, e indicou que critérios estritos serão aplicados e que o pacote não se trata, em nenhum caso, de uma ‘porta aberta’ a todos os candidatos ao exílio.

Em um dos pontos críticos do pacote de medidas, os imigrantes que já estiverem em processo de deportação poderão se beneficiar das novas medidas. No entanto, as novas medidas não abrangem os imigrantes chegados ao país depois de janeiro de 2010, que serão deportados.

Destacando que, após meio século, ‘todos os presidentes, democratas e republicanos’ usaram de suas prerrogativas para atuar sobre a imigração, sem pedir o aval do Congresso, o Executivo americano afirma agir sobre bases legais sólidas.

O anúncio de Obama é uma bomba política em Washington e seus adversários republicanos, que dominarão o Congresso a partir de janeiro, prometeram contra-atacar.

Muitos deles questionam a legalidade constitucional das medidas.

Desde as regularizações maciças de 1986, durante o governo de Ronald Reagan, todas as tentativas de reforma do sistema de imigração fracassaram.

Obama afirma que agirá apenas para responder às insuficiências de um ‘sistema que não funciona mais’.

Detalhes do plano

População em situação ilegal: Cerca de 11 milhões de imigrantes em situação ilegal vivem nos Estados Unidos, menos que em 2007, quando somavam 12,2 milhões, segundo o Pew Research Center.

Ao menos 60% deles vivem em seis estados: Califórnia, Flórida, Illinois, Nova Jersey, Nova York e Texas.

Quase a metade do total dos imigrantes ilegais é de origem mexicana e a metade vive nos Estados Unidos há mais de 13 anos.

Novo programa: Com o novo programa, cerca de quatro milhões de imigrantes sem documentos poderão solicitar, a partir da primavera no hemisfério norte, uma permissão de trabalho de três anos, e uma proteção contra a deportação.

Os pretendentes devem:

- Estar presentes em território americano há pelo menos cinco anos.

- Ter um filho com cidadania americana ou residência permanente (‘green card’), nascido antes de 20 de novembro de 2014, sem importar a sua idade.

Via especial para os jovens: Os critérios de um programa criado em julho de 2012, especialmente para os imigrantes que foram levados crianças pelos pais serão ampliados, o que permitirá potencialmente agregar uns 270.000 imigrantes aos 600.000 que já se beneficiaram do mesmo, em 30 de junho passado.

Os novos critérios são:

- Estar presentes em território americano desde 1º de janeiro de 2010 (ao invés de 15 de junho de 2007).

- É eliminado o teto de 31 anos de idade em 2012 para ingressar ao programa.

- Os solicitantes devem ter chegado aos Estados Unidos antes dos 16 anos (invariável).

- As condições de diploma (ensino médio) e antecedentes criminais (não ter sido condenado) são mantidas.

Expulsões: As autoridades federais concentrarão seus recursos em expulsar os imigrantes em situação irregular considerados perigosos, detidos na fronteira ou que chegaram a partir de 1º de janeiro de 2014, inclusive menores de idade.

Também serão destinados recursos para reforçar a fronteira com o México e o sistema judicial para acelerar o processo dos casos de deportação.

Imigração legal: O governo se prepara também para aumentar a entrega de vistos a trabalhadores muito qualificados e estudantes cientistas, o que poderá abranger 500.000 pessoas.

Em particular, os estrangeiros formados em universidades americanas em carreiras com demanda (ciência, engenharia, matemática) poderão trabalhar por mais tempo nos Estados Unidos após obter seus títulos sem ter que passar por trâmites de visto, devido à ampliação do programa ‘Optional Practice Training’ (Treinamento Prático Opcional).

mage

Fonte: G1

Para atender a demanda da cidade, os centros especializados para reabilitação de pacientes, foram implantados em Magé.

8(52)

A reconfiguração da fisioterapia na rede de saúde de Magé realizada durante o ano de 2014 já está apresentando resultados expressivos. Com a implantação dos Centros de Fisioterapia em todos os distritos, a população recebe o tratamento e acompanhamento necessários, com estrutura de reabilitação eficiente.

5(1)

Para atender a demanda da cidade, os centros especializados para reabilitação de pacientes, foram implantados em Magé, Santo Aleixo, Mauá, Fragoso e o mais recente, em Suruí, no quarto distrito, totalizando 5.227 atendimentos de julho a setembro deste ano. A rede ainda conta com mais dez Postos de Saúde da Família que realizaram 1.542 atendimentos nos bairros Rio D’Ouro, Ypiranga, São Francisco, Maurimárcia, Buraco da Onça, Jardim Nazareno, Parque Estrela, Ponte Preta e Parque Caçula, segundo os dados da Coordenação de Fisioterapia da Secretaria Municipal de Saúde de Magé.

762)

“Conseguimos inaugurar os centros de fisioterapia por toda a cidade e isso visa atender a demanda reprimida, que hoje proporciona melhor qualidade devida aos nossos pacientes, muitos que são vítimas de AVC. Além dessa iniciativa, já temos planos de melhorar ainda mais o serviço de fisioterapia na rede municipal de saúde”, destaca Sidney Cerqueira Couto, secretário municipal de Saúde.

A reestruturação trazida com os Centros de Fisioterapia facilitou o trabalho dos profissionais e enxugou a fila de espera. “Vejo com a abertura e estrutura de um centro de reabilitação existe o equipamento e recursos necessário. Temos muitos profissionais especializados que potencializam a recuperação e os resultados do tratamento continuo que oferecemos. E reduzimos a lista de espera em 90%”, explica a coordenadora municipal de Fisioterapia, Solange Machado.

9986)

Outro projeto piloto de fisioterapia da rede municipal também está revolucionando a reabilitação de pacientes que tiveram seqüelas de Acidente Vascular Cerebral (AVC), Acidente Vascular Encefálico (AVE), Isquemia Cerebral, Mal de Parkinson, entre outras síndromes e doenças que afetam essa área e limitam as ações individuais. Em grupo, os fisioterapeutas realizam atividades voltadas para o desenvolvimento da coordenação motora, equilíbrio e reforço muscular. Com atendimento personalizado ao paciente, aliado à socialização, promovem o estímulo conjunto. Até mesmo os familiares acompanham as atividades realizadas toda semana no Ginásio Poliesportivo Nelson Ferreira Lima, em Pau Grande, se relacionando e desenvolvendo laços que são importantes no processo de reabilitação dos pacientes.

mage

Fonte: Ascom/Magé

 

 

Até dezembro, o governo pretende reformar todos os pontos de ônibus.

22Ponto de ônibus 3

A Prefeitura de Magé, através da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, está realizando a reforma dos pontos de ônibus da cidade para garantir mais conforto a população que utiliza o transporte público no município. Em novembro, já foram entregues os pontos da Praia da Coroa, próximo ao Poliesportivo da Guia, em Mauá, o ponto da Praça do Maneco, também no 5° Distrito, e o ponto em frente ao Corpo de Bombeiros, na BR 493.

Até dezembro, o governo pretende reformar todos os pontos de ônibus que estiverem em condições ruins em Magé. “A reforma e a pintura dos pontos de ônibus da cidade trazem mais comodidade e conforto para as pessoas que os utilizam para aguardarem o transporte público. Esse trabalho deixa um aspecto de limpeza e cuidado no município, dando mais dignidade aos mageenses”, declara o secretário municipal de Serviços Públicos, João Carlos da Silva.

mage

Fonte: Ascom/Magé

Por volta das 22h, bombeiros estavam no local.

_4

 Um incêndio em um bar, na noite desta quinta-feira (20), em Copacabana, Zona Sul do Rio assusta frequentadores e vizinhos do local. O bar e lachonete Pato Louco, na Rua Barata Ribeiro 355, começou a pegar por volta das 21h30. Por volta das 22h, o Corpo de Bombeiros, permanecia no local. Não há informação de vítimas.

3749

Duas faixas da Rua Barata Ribeiro, uma das principais vias do bairro, foram interditadas para a ação dos bombeiros, de acordo com informações do Centro de Engenharia de Tráfego (CET-Rio).

Dezenas de curiosos se concentraram nas esquinas das ruas Barata Ribeiro com Hilário de Gouveia para assistir ao combate das chamas.

mage

Fonte: G1

O NASF vai oferecer a inclusão de duas equipes de profissionais especialistas, para reforçar o Programa de Saúde da Família na cidade.

REUNIAO

Coordenadores de atenção básica dos municípios da regional Metropolitana I do estado do Rio se reuniram nesta semana no Centro Administrativo de Santo Aleixo, em Magé. A pauta do grupo de trabalho discutiu a ação dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) e as Academias da Saúde, juntamente com os representantes da Secretaria de Estado de Saúde.

Magé foi contemplado pelos dois programas de saúde. O NASF vai oferecer a inclusão de duas equipes de profissionais especialistas, para reforçar o Programa de Saúde da Família na cidade.

“Já estamos trabalhando para que o NASF comece a funcionar em Magé em 2015. Esse núcleo vai apoiar o trabalho de atendimento aos mageenses com os profissionais que não estão disponíveis nos PSFs. Serão nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, que visitam e avaliam os pacientes em casa”, explica Rafaella Vidal, coordenadora de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde.

REUNIÃO-2

Ela também revela que Magé terá as Academias da Saúde, um programa do Ministério da Saúde, serão polos com espaços físicos dotados de equipamentos, estrutura e profissionais qualificados, com o objetivo de contribuir para a promoção da saúde e produção do cuidado e de modos de vida saudáveis da população:

- Temos pactuados nesse programa, 12 polos para atender todos os distritos de Magé. Esses espaços terão uma missão além da atividade física: serão polos que terão uma tarefa socialização, incentivando jovens e adultos para fazer acompanhamento constante da saúde, deixando de buscar o médico apenas em casos de emergência, complementa Rafaella.

A região Metropolitana I é formada pelos municípios de Magé, Rio de Janeiro, Nilópolis, Mesquita, Belford Roxo, Nova Iguaçu, Duque de Caxias, São João de Meriti, Japeri e Seropédica.

mage

Fonte: Ascom/Magé

Valores foram bloqueados por determinação da Justiça Federal do Paraná.

3289_e

O Banco Central informou nesta quinta-feira (20) ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, que cumpriu a decisão judicial que determinava o bloqueio das contas de 16 suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção que atuava na Petrobras e de três empresas investigadas. Segundo o ofício enviado pela autoridade monetária à Justiça Federal do Paraná, foram bloqueados R$ 47.887.164,89 (veja a lista completa dos bloqueios ao final desta reportagem).

Sérgio Moro havia determinado na última terça-feira (18) a quebra do sigilo bancário e o bloqueio de bens de 16 dos 23 presos na Lava Jato, além das três empresas ligadas aos investigados. No documento enviado ao Banco Central, o magistrado solicitava dados sobre contas, investimentos e outros ativos mantidos entre os dias 5 e 18 de novembro deste ano. O juiz federal também havia determinado que o Banco Central bloqueasse valores depositados nas contas dos suspeitos.

Entre os investigados que tiveram as contas bancárias bloqueadas estão o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque, que tinha R$ 3,2 milhões depositados em bancos brasileiros, e o lobista Fernando Soares, conhecido como “Fernando Baiano”, que somava R$ 8,8 mil.

Duque é apontado por delatores como um dos operadores do esquema de corrupção que superfaturava projetos da Petrobras para assegurar pagamento de propinas a executivos da estatal e partidos políticos. Preso pela Polícia Federal na última sexta (14), ele está detido na Superintendência da PF em Curitiba.

No despacho da última terça-feira em que determinou que Renato Duque continuasse preso, o juiz Sérgio Moro alegou risco de o ex-dirigente da Petrobras fugir para o exterior, já que, segundo o magistrado, o ex-diretor da estatal mantém uma “verdadeira fortuna” em contas bancárias fora do país. Esses valores que estariam no exterior não foram bloqueados pela Justiça Federal nesta quinta-feira.

Além disso, a autoridade monetária encontrou R$ 6,5 milhões nas contas da Hawk Eyes Administração de Bens; R$ 2 milhões nas contas da Technis Planejamento e Gestão em Negócios; e R$ 140,1 mil nas contas da D3TM Consultoria e Participações.

Em depoimento à Polícia Federal, o executivo Júlio Camargo, da Toyo Setal – fornecedora da Petrobras –, afirmou que Fernando Baiano é um dos sócios da Technis Planejamento e Gestão. Camargo também disse acreditar que a Hawk Eyes Administração de Bens seja de propriedade do cunhado de Baiano.

Nas contas do vice-presidente da construtora Engevix, Gerson de Mello Almada, o Banco Central encontrou R$ 22,6 milhões em cinco contas bancárias. Entre os investigados pela PF, ele foi quem teve o maior valor bloqueado.

Outro executivo que teve uma quantia milionária bloqueada pela Justiça foi o presidente da UTC, Ricardo Pessoa, apontado como um dos líderes do cartel de construtoras que pagava propina a dirigentes da Petrobras em troca de facilidades em licitações. De acordo com o levantamento do BC, Pessoa tinha R$ 10,2 milhões em suas contas correntes.

Das 16 pessoas que foram alvo da ordem judicial, o Banco Central identificou que apenas dois suspeitos estavam com as contas bancárias zeradas: Valdir Lima Carreiro, diretor-presidente da IESA; e Erton Medeiros Fonseca, diretor-presidente de Engenharia Industrial da Galvão Engenharia.

Lava Jato

A Operação Lava Jato investiga um esquema de lavagem de dinheiro que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões e provocou desvio de recursos da Petrobras, segundo investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. A nova fase da operação policial teve como foco executivos e funcionários de nove grandes empreiteiras que mantêm contratos com a Petrobras que somam R$ 59 bilhões.

Parte desses contratos está sob investigação da Receita Federal, do MPF e da Polícia Federal. Ao todo, 24 pessoas foram presas pela PF durante esta etapa da operação. Porém, ao expirar o prazo da prisão temporária (de cinco dias, prorrogáveis por mais cinco), na última terça (18), 11 suspeitos foram liberados. Outras 13 pessoas, entre as quais Renato Duque, continuam na cadeia.

Veja a lista dos valores bloqueados pela Justiça de cada um dos investigados:

Agenor Franklin Magalhães Medeiros, diretor-presidente da Área Internacional da OAS: R$ 46.885,10

Dalton dos Santos Avancini, presidente da Camargo Corrêa: R$ 852.375,70

Eduardo Hermelino Leite, vice-presidente da Camargo Correa: R$ 463.316,45

Erton Medeiros Fonseca, diretor-presidente de Engenharia Industrial da Galvão Engenharia: saldo zerado

Fernando Soares, conhecido como “Fernando Baiano”, lobista apontado como operador da cota do PMDB no esquema de corrupção: R$ 8.873,79

Gerson de Mello Almada, vice-presidente da Engevix: R$ 22.615.150,27

Ildefonso Colares Filho, ex-diretor-presidente da Queiroz Galvão: R$ 7.511,80

João Ricardo Auler, presidente do Conselho de Administração da Camargo Corrêa: R$ 101.604,14

José Aldemário Pinheiro Filho, presidente da OAS: R$ 52.357,15

José Ricardo Nogueira Breghirolli, funcionário da OAS: R$ 691.177,12

Othon Zanoide de Moraes, diretor-executivo da Queiroz Galvão: R$ 166.592,14

Renato de Souza Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras: R$ 3.247.190,63

Ricardo Ribeiro Pessoa, presidente da UTC: R$ 10.221.860,68

Sérgio Cunha Mendes, diretor-vice-presidente-executivo da Mendes Junior: R$ 700.407,06

Valdir Lima Carreiro, diretor-presidente da IESA: saldo zerado

Walmir Pinheiro Santana, responsável pela UTC Participações: R$ 9.302,59

Empresas:

Hawk Eyes Administração de Bens: R$ 6.561.074,74

Technis Planejamento e Gestão em Negócios: R$ 2.001.344,84

D3TM Consultoria e Participações: R$ 140.140,69

qqq3

mage

Fonte: G1

Pesquisar

Apenas correspondências exatas
">
">
">
">
Procurar nas mensagens
Procurar em páginas
Professional WordPress Plugins
EnglishFrenchGermanItalianNorwegianPersianPortugueseRomanianRussianSlovakSlovenianSpanishVietnameseYiddish


wp_flash_img_show will display here (config: Pub1)

Contato