‘Temporada mal planejada’

Luxemburgo-Tecnico-Flamengo

Na semana da primeira partida da semifinal da Copa do Brasil, o técnico Vanderlei Luxemburgo antecipou a coletiva que daria apenas na terça-feira e chegou com um discurso para conter a euforia do torcedor do Flamengo para a partida diante do Atlético-MG, no Maracanã, quarta-feira.

O técnico lembrou que a competição não é a prioridade do clube e mesmo se ganhá-la é preciso ter consciência de que o ano do Flamengo teve como meta sair da zona da confusão e se manter na Série A do Brasileiro.

- Flamengo é do céu ao inferno em 90 minutos. O torcedor acha que deixou chegar. A preocupação é não quebrar uma situação que foi criada. As coisas são momentâneas. Quando eu cheguei aqui a única coisa que o Flamengo queria era sair da confusão, essa era a meta. Era o ano do Flamengo, se manter para 2015. Não conseguiu ter o ano que queria. Corrige para o ano que vem, projeta para não acontecer a mesma coisa. O que preocupa é esquecer a prioridade, que era manter na Primeira Divisão. Podemos ganhar ou perder. Vai jogar para ganhar, mas pode perder. É uma Copa. Temos mais sete jogos importantes para o planejamento. Temos que passar esse equilíbrio. Se ganharmos somos os melhores? Não somos. A temporada foi mal projetada. Se ganhar ou perder tem que saber o que fez – disse, em tom realista, o treinador.

wallace-janirjunior

Luxemburgo confirmou que Wallace está fora da partida e que Chicão e Samir formarão a defesa. Eduardo da Silva deve ser mantido no ataque ao lado de Everton e Gabriel. O time titular seria: Paulo Victor, Leo Moura, Chicão, Samir, João Paulo; Cáceres, Marcio Araújo, Canteros, Gabriel, Everton, Eduardo da Silva.

Magé5-330x1224

 

Fonte: O Dia 

 

O recorde anterior era das eleições na Índia, este ano, quando 227 milhões.

71794.1

As eleições de 2014 no Brasil foram as mais comentadas na história do Facebook. De acordo com levantamento divulgado hoje (27) pela rede social, de 6 de julho até este domingo (26), dia do segundo turno, 674,4 milhões de interações sobre o pleito foram registradas.

Segundo o Facebook, é o maior número de interações sobre eleições geradas na rede social. O recorde anterior era das eleições na Índia, este ano, quando 227 milhões de conversas foram registradas – número três vezes menor que o volume de dados alcançados pelos internautas brasileiros.

Interações são postagens de fotos, textos, comentário, curtidas, ou qualquer conteúdo compartilhado na rede. Só ontem, mais de 49 milhões de interações sobre o pleito foram geradas – 53,8% dos comentários voltados para a Dilma Rousseff e 46,2% para Aécio Neves.

De acordo com a rede social, 89 milhões de pessoas usam o Facebook ativamente por mês no Brasil. A empresa estima que três em cada cinco eleitores brasileiros estão no Facebook.

Magé5-330x1224

Fonte: JB

 

Dilma defendeu uma aproximação “respeitosa” entre os dois países e pretende fazer isso.

33rasil-eua_0

O Jornal El País publicou uma reportagem nesta segunda-feira (27) sobre a relação entre os Estados Unidos e América Latina, especialmente o Brasil. O escândalo delatado por Edward Snoden, que denunciou que diversos países aliados, inclusive o Brasil, estavam sendo espionados pelos Estados Unidos abalaram as relações entre os aliados e os EUA. Uma visita foi inclusive desmarcada por Dilma, no final de 2013. Agora, a primeira visita internacional de Dilma, após ser reeleita vai acontecer justamente no país do norte.

Em entrevista ao jornal espanhol, o assessor de política internacional da presidente, Marco Aurélio Garcia, disse que na época não era apropriado que a presidente viajasse, mas negou tendências anti-americanas.

Segundo o jornal, ele disse que o Brasil quer uma relação diferente com os Estados Unidos. “Ou seja”, afirma o jornal, “equilibrada e não de pai para filho”. Dilma defendeu uma aproximação “respeitosa” entre os dois países e pretende fazer isso, através do aumento dos programas de interesse mútuos, como o Ciências sem Fronteiras.

Em relação à política regional, a presidente não hesitou em incluir como prioridade a aproximação com a Aliança do Pacífico, que reúne Chile, Peru, Colômbia e México. Segundo o assessor, existe a necessidade de se fazer uma revisão no Mercosul e na Unasul.

Segundo o jornal, ele definiu duas tarefas urgentes: fazer com que o bloco comercial um dinamizador das economias, para que ele não desapareça e propôs a “integração séria das infraestrutura da América do Sul”.

Magé5-330x1224

Fonte: JB

Para Caffarelli, apesar das previsões do mercado não há razões para pessimismo.

810_16_9_co

Horas depois de Dilma Rousseff anunciar medidas para impulsionar a economia, em discurso após o anúncio de sua reeleição para a Presidência da República, o secretário executivo do Ministério da Fazenda, Paulo Rogério Caffarelli respondeu hoje positivamente às perguntas de repórteres sobre a aprovação de novas medidas de apoio à indústria. “Que medidas [teremos] para [incentivar] a indústria [brasileira]?”, indagaram os jornalistas. “Teremos várias”, disse Caffarelli.

6Projeto-d

O boletim semanal Focus, divulgado hoje pelo Banco Central, informa que analistas e investidores mantiveram em 0,27% a expectativa de crescimento da economia para 2014. Para Caffarelli, apesar das previsões do mercado não há razões para pessimismo. “Podemos esperar que a economia ficará cada vez melhor”, acrescentou.

0dilma

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, também demonstrou bom humor ao se dirigir aos jornalistas, durante a chegada hoje pela manhã ao seu gabinete: “Ainda estou rouco de tanto aplaudir ”, disse, referindo-se à vitória da presidenta Dilma Rousseff.

Magé5-330x1224

Fonte: JB

Vítimas foram socorridas no local sem registro de gravidade.

ScreenShot022

Na manhã desta segunda-feira, um grave acidente parou a pista de subida em sentido, Rio-Teresópolis. Na altura do distrito de Suruí, uma carreta que transportava caixas de licor, colidiu com um ônibus da rede municipal de Magé.

Segundo testemunhas que se encontravam no local, a carreta perdeu a direção e foi diretamente de encontro ao veículo escolar, que não teve como evitar o abalroamento, deixando vários alunos com ferimentos leves. O serviço de socorro da Concessionária CRT, esteve no local dando assistências aos envolvidos no acidente. A pista esteve bloqueada por algumas horas e a carga de licores foi saqueada por quem passava pelo local, sendo preservada após a chegada da PRF.

Magé5-330x1224

Antonio Alexandre, Magé Online.com 

Mudança de ponto de ônibus para o Maracanã foi motivo de reclamação.

11rosane

Passageiros dos trens vindos do Subúrbio e Região Metropolitana do Rio reclamam da mudança na rotina após as modificações nos ramais da Supervia, implantadas nesta segunda-feira (27). Na estação ferroviária do Maracanã, Zona Norte,  passageiros que disseram que deverão ter que sair de casa mais cedo para chegar ao trabalho.

Rosane Borges, servente de uma escola particular no Humaitá, Zona Sul da cidade, embarcou por volta das 9h25 na estação de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Acostumada a chegar 11h no trabalho, ela disse que vai precisar de mais tempo para concluir o trajeto, já que o ponto de embarque do ônibus que ela precisa pegar mudou.

“Eu saltava na estação de São Cristóvão para pegar o 463 (São Cristóvão – Copacabana). Agora eu salto aqui no Maracanã, porque não para mais lá. Apesar dele [o ônibus] passar aqui agora, dá a maior volta”, se queixou.

11persona1 22persona2

Pontos de apoio

A linha de ônibus utilizada pela passageira é uma das que ganhou um ponto de apoio na descida da estação do Maracanã. Os trens vindos de Japeri, Deodoro e Santa Cruz agora são expressos e param somente nas estações de Madureira e Maracanã.

Com isso, passageiros que saltavam em São Cristóvão para pegar os ônibus das linhas 460,461,462 e 463 precisam desembarcar no Maracanã e utilizar os novos pontos destinados a esses veículos. A todo momento, funcionários da Supervia e da Rio Ônibus ajudavam os passageiros dentro e fora das estações, no entanto, a ajuda não reduz o tempo gasto a mais com o novo trajeto.

“Os ônibus estão parando aqui no Maracanã, mas depois eles voltam pra estação de São Cristóvão pra depois começar o meu trajeto normal. Eu perco aí, pelo menos, mais vinte minutos”, explicou a passageira.

A passageira Jéssica Souza, que veio da estação de Bangu, não sentiu diferença na viagem de trem feita até o Maracanã, mas disse que vai testar o novo ponto de apoio.

“Eu vou pegar o 460. Vamos ver se vou demorar o mesmo tempo que estava acostumada quando saia em São Cristóvão. Mas pelo visto, vou ter que acordar mais cedo, já que ele vai pegar outro caminho”, explicou.

A passageira Sueli dos Santos, que é cozinheira e embarcou em Japeri, na Região Metropolitana, disse que demorou mais tempo dentro do trem nesta manhã.

“Eu estava acostumada a chegar 10h20 e são quase 11h. Demorou mais, ele não abria a porta em todas as estações, mas parava e demorava também”, disse ela, que também reclamou dos intervalos entre os trens, que não pareciam ser menores na hora em que embarcou.

11felizes

Economia de tempo

Se no Maracanã os passageiros enfrentavam mudanças de horários, na Central do Brasil a economia de tempo foi quase unânime entre as pessoas. Muitos passageiros que vinham direto para o ponto final dos trens diziam que o trajeto foi menor nesta segunda.

“Foi mais rápido do que antes”, disse Sérgio Vilas, porteiro, que embarcou em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

“Pra mim foi mais rápido e eu ouvi toda hora no alto falante que quem saltasse no caminho tinha que fazer baldeação em Madureira”, disse Maria José Souza, que veio no ramal de Santa Cruz.

Magé5-330x1224

Fonte: G1

Prefeitura do Rio e moradores do Leme são contra novo projeto de expansão.

123

Um dos cartões-postais mais clássicos do Rio, palco de uma cena protagonizada por Roger Moore no filme “007 – Contra o Foguete da Morte”, o Bondinho do Pão de Açúcar completa 102 anos nesta segunda-feira (27) em meio à polêmica de um projeto de expansão. A Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar apresentou em setembro o projeto da Linha 3 do teleférico, que pretende ligar o Morro da Urca ao Forte Duque de Caxias, no Leme. A ideia, no entanto, não agradou os moradores do pequeno bairro da Zona Sul e foi rejeitada pela Prefeitura do Rio.

O novo projeto, orçado em R$ 107 milhões, e apresentado em setembro deste ano na Câmara dos Vereadores, previa a instalação de um mirante no alto do Morro do Leme, com vista para a Praia de Copacabana. De acordo com a assessoria de imprensa do Bondinho, a Companhia ainda não havia recebido uma nenhuma resposta oficial da Prefeitura sobre o projeto.

 bondinho12

“A empresa recebe anualmente cerca de 1,5 milhão de turistas e cariocas. Há mais de um século trabalhamos diariamente para mantermos a principal vocação da empresa: despertar o encantamento dos visitantes com segurança, conforto e agilidade. A implantação da Linha 3, viria ampliar este trabalho, mantendo vivo o espírito de realizações que nos caracteriza e acompanha por décadas”, ressaltou a diretora geral da Companhia, Maria Ercilia Leite de Castro.

Moradores reclamam

Em meio à disputa, a associação de moradores do Leme (Amaleme) sustenta que a extensão do Bondinho degradaria áreas de proteção ambiental e causaria um adensamento muito grande, já que o bairro é muito pequeno, tem 24 mil moradores, e só possui uma saída, pela Avenida Princesa Isabel.

 1projeto

“O certo seria fazer uma pesquisa com os moradores para saber a opinião de cada um. Tem que ver os prós e os contras. Todo mundo só fala no prejuízo, adensamento, volume de pessoas no bairro. Se vierem aqueles ônibus de turismo como existe lá na Urca, seria complicado, porque lá não há residências no entorno, só áreas militares. O Leme é o pinico de Copacabana, a gente pôde ver isso na Copa do Mundo”, afirmou o presidente interino da Associação de Moradores do Leme, Francisco das Chagas Nunes, o Chicão.

 Bolo de chocolate

Polêmicas à parte, para celebrar a data, a Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar vai presentear turistas e visitantes com um bolo de chocolate. Serão mais de 2 mil fatias que serão distribuídas das 11h até 15h.

Magé5-330x1224

Fonte: G1

Apresentador foi hostilizado enquanto repórter da GloboNews exibia festa pela reeleição de Dilma.

606

O apresentador William Bonner foi hostilizado em transmissão ao vivo da GloboNews durante festa que comemora a reeleição da presidente Dilma Rousseff na avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (26).

Eleitores de Dilma gritaram “ei, Bonner, vai tomar no c.” durante todo o tempo que o repórter da emissora comunicou as últimas informações da festa.

Bonner é quem comanda a bancada que anuncia os resultados do segundo turno das eleições 2014 na Globo.

1222

Além do jornalista, a emissora também é alvo de gritos ofensivos durante a festa em São Paulo. Entre um e outro coro que ovaciona Dilma, eleitores gritam “Nem Globo/ Nem a Veja/ É Dilma com certeza”.

Magé5-330x1224

Fonte: IG

Caminhão foi incendiado e agência bancária depredada em São Cristovão.

captura_de_tela_2014-10-27_as_09.03.07

O Batalhão de Choque da Polícia Militar do Rio de Janeiro está em Cabo Frio após quatro ataques atingirem caixas eletrônicos e veículos na cidade desde a madrugada de domingo (26). A chegada do reforço de 40 policiais foi confirmada pelo comandante do 25º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Ruy França, nesta segunda-feira (27). Por medo da violência, o transporte público está totalmente suspenso nas cidades de Cabo Frio, Arraial do Cabo, Búzios e São Pedro da Aldeia. Já nas cidades de Araruama, Iguaba Grande e Saquarema, os ônibus circulam parcialmente. Por conta do problema, aulas foram suspensas em 69 escolas municipais de Cabo Frio e nos distritos de Arraial do Cabo. Em Cabo Frio, os postos de saúde nos bairros Guarani, Nautillus, Vila do Sol e Manoel Corrêa estão fechados.

10743425_10152760058533211_356918601_n

De acordo com a PM, os ataques começaram como retaliação após a morte de quatro traficantes em um confronto com a polícia na madrugada de domingo (26).

À noite, criminosos tentaram atear fogo a caixas eletrônicos de uma agência bancária na Avenida Joaquim Nogueira, no bairro São Cristóvão. O Corpo de Bombeiros chegou a tempo de controlar as chamas. No bairro Guarani, um caminhão que estava estacionado na Rua Visconde de Cairú, foi incendiado. Antes, dois ônibus foram incendiados, um às 5h30 e outro às 7h30. Os motoristas da empresa que atende a cidade resolveram voltar para as garagens por medo da violência, o que também deixou a população sem transporte público no dia da eleição.

Escolas municipais de portas fechadas

Os diretores das unidades escolares do município dispensaram os alunos no início da manhã desta segunda. A assessoria da Secretaria de Educação infomou que pela falta de funcionários e por medida de segurança, as 69 escolas da cidade precisaram fechar. No segundo distrito de Cabo Frio, diretores de 23 unidades também devem dispensar estudantes. A assessoria divulgou, por volta das 8h30, que estava ligando para os responsáveis das escolas do segundo distrito, para saber como estava a situação.

incendio3_1

População sem ônibus

Moradores de Cabo Frio e de municípios vizinhos ficaram sem transporte público na manhã desta segunda. A empresa Salineira informou que no início do dia alguns ônibus estavam nas ruas. Mas por volta das 9h, vários coletivos voltaram para a garagem da empresa.

Na manhã de domingo, motoristas também suspenderam o serviço, com o apoio da empresa, depois que um outro ônibus da Salineira, da linha Cabo Frio x Búzios, e um coletivo particular foram incendiados nos bairros São Cristóvão e Guarani, em Cabo Frio, na madrugada de domingo. O veículo particular estava estacionado ao lado de uma garagem utilizada para guardar ônibus de empresas particulares. De acordo com testemunhas, o proprietário entrou em desespero ao ver o ônibus destruído. O veículo era usado para fazer excursões de igrejas na região.

A empresa, após reuniçao com a PM, chegou a reativar o serviço no começo da tarde, mas outro ônibus foi incendiado no bairro Colinas, em São Pedro da Aldeia, com isso, o serviço foi novamente suspenso. O ônibus incendiado no bairro Colinas, por volta das 17h, fazia a linha Baixo Grande x Cabo Frio. Segundo testemunhas, homens armados chegaram de carro, renderam os funcionários que estavam no coletivo e obrigaram passageiros a descerem do ônibus. Eles atearam fogo e fugiram.

img_20141026_065117666_hdr

 Entenda o caso

 A Polícia Militar acredita que os ataques tenham sido uma retaliação por conta da morte de quatro traficantes em um confronto, no bairro Manoel Corrêa, durante a madrugada de domingo. De acordo com o comandante do 25º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Ruy França, uma denúncia anônima informou que um baile funk estava acontecendo na Favela do Lixo. Homens estariam armados com fuzis e coletes balísticos. Ainda segundo a denúncia, várias pessoas estavam consumindo drogas no local.

 Após a informação, o comando da PM decidiu montar uma operação. Cerca de 20 policiais foram em direção à comunidade. O comandante informou ainda que assim que chegaram, traficantes os receberam com vários tiros. A polícia revidou e começou uma intensa troca de tiros. Quatro traficantes foram mortos, sendo um deles considerado como chefe do tráfico de drogas no local. Foram apreendidos três fuzis, duas pistolas, um colete balístico, carregadores de fuzil e pistola, cápsulas de cocaína, um rádio transmissor e diversos celulares.

41026_074937150

O material apreendido foi levado para a delegacia em Cabo Frio. Os corpos dos quatro traficantes foram encaminhados para o Instituto Médico Legal do município. O policiamento está reforçados em São Pedro da Aldeia e Cabo Frio.

Magé5-330x1224

Fonte: G1

Cerâmicas de Petrópolis produzem 70 mil pratos pintados a mão por ano.

1027110635

Com a proposta de representar um grupo de restaurantes que prima pela excelência e qualidade nos serviços, a Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança foi fundada há 20 anos em Petrópolis, Região Serrana do Rio, pelo chef Danio Braga, fundador e atual conselheiro. Inspirado por costumes que trouxe da Itália, seu país natal, o chef resolveu estimular o hábito de se levar uma lembrança do restaurante após uma boa refeição. No caso, um prato de cerâmica em louça de alta qualidade com um desenho alegre exclusivo, pintado à mão e com cores vibrantes. Clientes desavisados costumam se surpreender com a prática do estabelecimento integrante da associação.

44diversos_artesaos

A fábrica

fabrica Ao pendurar o prato na parede, talvez não se perceba a arte por trás de cada peça que é totalmente produzida em Itaipava, distrito de Petrópolis. Da matéria-prima ao prato finalizado, mais de 20 pessoas trabalham na atividade. A cerâmica Perição, que criou uma técnica inovadora que dispensa o uso de arame para pendurar o suvenir na parede, é a responsável pela modelagem. Já a cerâmica Van Erven cuida da pintura. Cada profissional recebe o prato com uma espécie de carimbo da modelagem do desenho, que ilustra os ingredientes da refeição de cada estabelecimento. “Os restaurantes nos enviam a receita e, baseado nos ingredientes, o desenho é criado, sempre de uma forma bem humorada”, explica Henrique Van Erven, proprietário da cerâmica Van Erven.

A pintura e os traços de cada prato são feitos à mão, tornando cada peça única. A pintura é realizada por 13 profissionais, comandados pela artista plástica Margot Rost, que é a designer responsável pelos desenhos nos pratos. Na sala onde os artesãos imprimem os traços e cores nas peças, o silêncio é absoluto. A concentração no trabalho é máxima, pois trata-se da produção de um item de colecionador, que marcará a memória de um momento especial para o cliente do restaurante. A quantidade de pratos produzidos anualmente é enorme: “São cerca de 70 mil pratos. Como são pintados manualmente, não há 2 exatamente iguais”, revela Henrique.

As regras

8parede

Engana-se quem pensa que é fácil adquirir pratos avulsos. O fato de ser imprescindível a degustação da refeição no restaurante para ganhar o brinde torna as peças ainda mais exclusivas. Os funcionários das fábricas de cerâmica são proibidos de comercializar pratos, fazendo com que cada suvenir seja um verdadeiro troféu. “Certa vez, nos foi oferecido por um colecionador 2 passagens de avião e uma semana em um hotel em Miami por 3 pratos que faltavam em uma coleção. Mas, como nosso contrato com a associação não permite este tipo de negociação, não fizemos os pratos”, recorda-se Henrique.

Diversos estabelecimentos tentam, todos os anos, ingressar no seleto grupo de restaurantes autorizados pela associação a oferecer o brinde. Estar nessa lista é um atestado da qualidade dos serviços prestados. As casas têm um custo alto para manter a tradição. De olho na visibilidade trazida para a marca, o estabelecimento arca com o valor do prato, da inscrição e mensalidade da associação, cuja premissa é que os custos não sejam repassados para a refeição.

O colecionador

Ao longo de 20 anos, foram mais de 1.300 diferentes desenhos nos pratos. Com o perdão da piada, um prato cheio para colecionadores de plantão. Anésio Fassina, sem dúvida, é o mais aficcionado. Ele possui a maior coleção existente, com um exemplar de cada prato comercializado nos restaurantes durante os vinte anos da associação, além de praticamente todos os confeccionados para os eventos especiais e comemorativos (falta apenas um!). Os troféus estão pendurados nas paredes de uma propriedade de Anésio.

22anesio

Ele iniciou a coleção no final de 1999, quando esteve no restaurante Guimas, no Rio de Janeiro, e um amigo pediu uma sobremesa que ganhou o prato. Anésio gostou tanto da peça que acabou ganhando o suvenir do amigo e, a partir daí, não parou mais. Durante o ano de 2000, o destino o conduziu a diversas cidades, como Belém, Curitiba, São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte e Brasília. “Quando comecei, tive que encarar um desafio quase que insano: eu deveria partir em busca dos pratos emitidos nos anos anteriores. Naquela ocasião, uma coleção completa estava na casa dos 400 pratos e eu estava chegando aos 100. Esses 300 pratos realmente me deram muito, mas muito trabalho! Tenho histórias infindáveis de pesquisa, convencimento, entrega, negociação, persuasão e tudo o mais que se possa pensar sobre o assunto. Digo que valeu a pena, pois aprendi muito e minha relação de amigos aumentou muito mais do que os pratos”, conta Anésio.

11parede_anesio

Os pratos da Boa Lembrança tornaram-se uma verdadeira paixão para o colecionador. “Colecionar os pratos me deu mais que uma simples coleção: me deu a oportunidade de conhecer os colecionadores de todo o Brasil, de conhecer e manter contato com a diversidade e a riqueza da culinária brasileira. É uma entrega de corpo e alma em que envolvo minha família e meus amigos. Cada prato tem uma história, lembranças, vem repleto de carinho e amizade”, diz Anésio.

403567_3

Associação no Rio de Janeiro

Atualmente, 99 restaurantes fazem parte da Associação, com sede no Recife. O Rio de Janeiro tem 22 representantes: Alvorada (Petrópolis), Banana da Terra (Paraty), Bartrô (Rio das Ostras), Casa da Suiça (RJ), Complexo Victoria (RJ), Da Carmine (Niterói), Esch Café Leblon e Centro (RJ), Giuseppe (RJ), Gosto com Gosto (Visconde de Mauá), Gruta de Santo Antônio (Niterói), Jardim Secreto (Penedo), La Sagrada Familia (RJ), Margutta (RJ), Margutta Cittá (RJ), O Navegador (RJ), Parador Valência (Petrópolis), Rancho Inn (RJ), REserva Aroeira (Piraí), Sawasdee Bistrô (RJ) e Sushi Leblon (RJ).

Magé5-330x1224

Fonte: G1

Pesquisar

Apenas correspondências exatas
">
">
">
">
Procurar nas mensagens
Procurar em páginas
Professional WordPress Plugins
EnglishFrenchGermanItalianNorwegianPersianPortugueseRomanianRussianSlovakSlovenianSpanishVietnameseYiddish


wp_flash_img_show will display here (config: Pub1)

Contato